Conquistada a liberdade de Daniel Ruiz!

Compartilhamos abaixo o comunicado da Comissão de Família e Amigos de Daniel Ruiz, de que o camarada, militante do PSTU/Argentina e da LIT, foi libertado da prisão após mais de um de ano de cativeiro por sua participação nas lutas da classe trabalhadora argentina contra os ataques do governo Macri e do FMI.

Agora vamos defender à sua absolvição!

Viva os trabalhadores e a solidariedade popular!

Liberdade para todos os presos por lutarem!

“Da Comissão de Família e Amigos, gostaríamos de agradecer a cada uma das pessoas e organizações políticas, sociais, culturais, indígenas, etc., que nos acompanharam nesses quase 13 meses em que lutamos pela liberdade de Daniel. No dia 8 de Outubro, o Tribunal Oral Número 3 emitiu a libertação de Daniel, o que significa que conquistamos sua liberdade.

Daniel, líder do PSTU / LIT-CI, ex-dirigente petroleiro, é um dos milhares e milhares de trabalhadores e trabalhadoras que perderam o emprego porque a empresa que trabalhava fechou e que, por isso, no dia 18 de Dezembro de 2017, estava na rua, para barrar o ajuste de Macri, com a Reforma da Previdência, na defesa dos aposentados e do direito a aposentadoria . O governo de Macri, juntamente com sua ministra da Seguridade e o juiz Torres, colocaram-no na prisão para gerar medo, para que deixássemos de sair às ruas, para aceitar com resignação os planos de reajuste e fome.

Mas Daniel não perdeu sua força por um dia sequer. Foi preso para dizer onde está Sebastián Romero, e para quebrarem a disposição e tirar a rebeldia que ele tem desde que era jovem. Daniel é um dos filhos de 2001, um jovem dos bairros populares que nunca concordou em renunciar a luta, que se organizou com seus vizinhos desempregados e saiu às ruas para lutar contra as multinacionais que saqueavam nossos bens comuns. Como dirigente petroleiro, lutou contra a flexibilidade dos empregos que os patrões queriam impor, contra demissões, lutou pela dignidade dos petroleiros. E na prisão, organizou assembléias com os prisioneiros, lutou para que as condições das prisões sejam dignas, para que os parentes dos prisioneiros tenham um lugar decente para visitá-los.

Daniel, nesses quase 13 meses, nos mostrou que lutar pela dignidade, pelos sonhos, por um mundo melhor é possível e necessário. Hoje Daniel é livre graças à mobilização popular, à luta dos trabalhadores e do povo. Somos eternamente gratos a cada pessoa e organização que se juntou à campanha por sua liberdade. Vamos continuar lutando para que não haja mais presos políticos, pela absolvição de Daniel e que a perseguição a Sebastián Romero termine. “

O GOI, ao lado dos nossos camaradas da CTR/Argentina, da LIT e do PSTU e de centenas de entidades proletárias e democráticas em todo o mundo participou ativamente da campanha internacional pela libertação de Daniel Ruiz. Sua libertação é uma demonstração da importância decisiva da solidariedade internacional em defesa dos lutadores de nossa classe. Segue a luta! Fora Macri e o FMI!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s