O EXÉRCITO NAS RUAS, NUNCA MAIS! ABAIXO O DECRETO DE MACRI!

Declaração da CTR – Corrente de Trabalhadores Revolucionários 

Desde a CTR (Corrente de Trabalhadores Revolucionários) expressamos nosso forte repúdio contra o decreto de Macri que altera o papel das Forças Armadas, enviando-os novamente para as ruas para a repressão interna. Esta é uma nova investida do governo, como foi querer aplicar o 2×1 e conceder prisão domiciliar aos genocidas condenados, tentativas que derrotamos com a mobilização unitária.

Esta política mostra o total servilismo do governo, em questões políticas e econômicas, aplicando um terrível ajuste contra o povo, conforme exigido pelo FMI e o Banco Mundial; e no campo militar, implementando o novo pacto militar com o Comando Sul dos EUA, recentemente acordado. Passa por cima da constituição, de nossa soberania nacional, tudo para agradar as exigências estrangeiras que buscam tomar posse dos nossos recursos minerais e de lítio, as reservas de água, nossos rios, nossa Antártica, Atucha, Vaca Muerta, etc.

Os pactos militares e este decreto é simplesmente colocar todas as Forças Armadas para resguardar esses lugares estratégicos que Macri se dispôs a entregar, como parte da política ianque de recolonizar toda a América Latina. Questão que assume maior gravidade com a instalação de bases militares ianques em nosso território, como pretendem fazer em vários lugares, como Misiones, Salta e Neuquén.

Esta política visa a acabar com nossa história de lutas e conquistas em nosso país. Como educação e saúde gratuitas, os acordos trabalhistas, a aposentadoria garantida pelo Estado, derrotar e condenar as forças armadas genocidas, etc.

O imperialismo e o governo querem fazer passar o ajuste a todo custo e, para isso, relançam essa ofensiva repressiva. Apelamos a todas as organizações que se reivindicam democráticas para colocar todo o esforço para derrotar este ataque. Qualquer ação isolada será uma canalhada.

É necessário que nos unamos e confluíamos em uma forte resposta a esse ataque às liberdades democráticas. Façamos uma grande mobilização unitária em todo o país, com greves e todos os tipos de ações nos locais de trabalho e nos bairros até derrotar este decreto, no caminho para derrubar este governo, o FMI e seus ajustes, e todos os acordos militares com os EUA.

Quinta-feira 26 de julho, às 17hs nos mobilizaremos unitariamente com as organizações de Direitos Humanos, Mães e Avós da Plaza de Mayo, organizações sociais, políticas, sindicais, estudantis, etc. Em frente ao Ministério da Defesa (Av. Paseo Colon y Alsina) para gritar:

Abaixo o decreto que libera as Forças Armadas para intervir na segurança interna!

Abaixo os acordos militares com o Comando Sul dos EUA!

Fora ianques da Argentina e da América Latina! Fora suas bases militares!

Não esquecemos, não perdoamos, não nos reconciliamos com os genocidas!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s