#Chile|GOI manifesta apoio à candidatura constituinte de Daniela Guzmán Huenchuleo

Neste fim de semana, 15 e 16 de maio, serão realizadas as eleições para a Assembleia Constituinte no Chile, que foi conquistada a partir da revolta popular de outubro de 2019.

Manifestamos nosso apoio à candidatura constituinte de Daniela Guzmán Huenchuleo, uma aguerrida militante da Unión de Pobladores e Pobladoras del Biobío.

A candidatura de Daniela expressa a luta e a organização das mães trabalhadoras, do povo mapuche, das vizinhas e vizinhos do território onde vive e mantém vivas as tradições de luta de sua família e de sua comunidade.

O programa de sua candidatura marca a participação popular no processo constituinte de forma independente dos capitalistas, de seus governos e dos partidos comprometidos com a sustentação do Estado burguês excludente e do odiado governo assassino de Piñera Neto, e levanta bem alto as reivindicações mais sentidas do povo trabalhador chileno.

Viva a luta da classe trabalhadora e do povo pobre e oprimido!

Nossa luta não tem fronteiras!

Fora Piñera!

Liberdade para @s pres@s polític@s!

Dissolução dos Carabineros!

Pela vitória da candidatura de Daniela!

Leia abaixo as propostas da candidata:

′′ A nossa não é uma candidatura independente que não toma partido, nosso compromisso está com o mandato expresso desde 18 de outubro. Somos uma opção popular, vizinha, comunitária e anticapitalista que diz forte e claro: SEM O POVO NÃO HÁ PROCESSO CONSTITUINTE ‼💪🙌🏼

Neste processo queremos:

1. Denuncie e combata o abandono estadual: Este projeto parte desde a organização vizinha da população Boca Sul, na comuna de San Pedro de la Paz, a segunda mais desigual de todo o Chile. Mas as carências presentes na nossa população identificaram muitas e muitos outros vizinhos das comunas do distrito 20, que se juntaram a este projeto. Neste caminho identificámos o principal responsável: O Estado, que administra os recursos do nosso país e os coloca ao serviço dos mesmos de sempre, deixando em total abandono e em plena PANDEMIA a quem somos a maioria, as e os vizinhos, as e os trabalhadores. Em outubro, o povo disse isso: Isso não pode continuar assim!

2. Coloque sobre a mesa as exigências do povo: Como lutadora social e candidata constituinte independente e popular, não abandonaremos nem transaremos as exigências mais sentidas do nosso povo: A Nacionalização dos Recursos Naturais, Habitação e Bairro Digno, NÃO + AFP para pensões dignas, Educação Gratuita, Universal e Igualitária, Proteção de Infâncias, Sistema de Saúde Único e Digno, além de zelar pelos Direitos Sexuais e Reprodutivos, pela dissolução de Carabineros e pelo reconhecimento e autonomia do Povo Mapuche.

3. Participação e poder popular: Para que esse processo possa levar adiante as mudanças que nosso povo precisa, é fundamental a PARTICIPAÇÃO VINCULANTE de todas, todos e todes. Esse poder só pode ser exercido através da organização popular independente, comunitária e articulada. Diante do abandono estadual histórico, nosso povo resolveu suas necessidades com organização e luta!

Fora Piñera!

Liberdade às e aos presos políticos da revolta!

Dissolução de carabineiros!

Sem o povo não há processo constituinte!!

Acesse a página: https://www.facebook.com/DanielaGuzmanHuenchuleo

Assista ao vídeo de Daniela: https://fb.watch/5s00vFAGri/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s