Conjuntura Nacional (parte 3): As perspectivas da luta da classe trabalhadora e as tarefas da vanguarda ativista

Disponibilizamos a nossas leitoras e leitores a terceira e última parte da Análise de Conjuntura Nacional, feita pelo GOI, com data de 16/9/2021. Os prognósticos para a luta de classes no atual período histórico têm que ser medidos “a régua” em cada conjuntura concreta da luta de classes. Na conjuntura atual, podemos afirmar o seguinte: …… Continuar lendo Conjuntura Nacional (parte 3): As perspectivas da luta da classe trabalhadora e as tarefas da vanguarda ativista

Conjuntura Nacional (parte 2): A crise política e as eleições de 2022

Colocamos à disposição de nossas/os leitoras/es a segunda parte da Analise de Conjuntura feita pelo GOI, com data de 16/9/2021. É sobre esta realidade de profunda crise econômica e social que se assenta a crise crônica do regime político, que hoje é uma fratura exposta para o conjunto da sociedade. E quando falamos em crise…… Continuar lendo Conjuntura Nacional (parte 2): A crise política e as eleições de 2022

Resposta do GOI à proposta do PSTU de construção de um Polo Socialista e Revolucionário

O PSTU está fazendo um chamado a ativistas e organizações para a construção de um “Polo por uma alternativa Socialista e Revolucionário”. O GOI considera que a busca da unidade de agrupamentos e ativistas revolucionários é um desafio vital para a construção de uma saída socialista revolucionária para a crise do imperialismo e do regime…… Continuar lendo Resposta do GOI à proposta do PSTU de construção de um Polo Socialista e Revolucionário

O MTST, Boulos e a Bolsa de Valores

W. Ioffe A ocupação simbólica da B2, a Bolsa de Valores de São Paulo, foi realizada no dia 23/9. As/os militantes do MTST, sob o lema: “$ua ação financia a nossa miséria” denunciaram o aumento do número de milionários no Brasil (mais 44 neste ano), enquanto 116 milhões de brasileiros não tem comida suficiente ou…… Continuar lendo O MTST, Boulos e a Bolsa de Valores